« Em agenda: Luís Campos | Main | José M. Rodrigues: agora até 31 de Outubro »

08/25/2008

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Pedro dos Reis

Ola' Alexandre!
Verdade. Matematicamente 101 anos sao mais interessantes que 100, pois sao um numero primo.
Em todo o caso, independentemente da matematica e' legitimo haver uma boa desculpa para se homenagear Cartier-Bresson.
Independentemente das guerras onde se meteu (se calhar ate' tinha razao em algumas delas... mas isso e' outro assunto), o mais importante foi o "olhar" que ele deixou.
O "momento decisivo"; a escolha que fez da maquina com que fotografava, como se fosse uma extensao do seu proprio olho; o uso do preto e branco; a criacao da Magnum com outros fotografos do seu tempo - foram os seus maiores legados (posso ter-me esquecido de algum, atencao) e que ajudaram a cimentar uma epoca para a Imagem e a desvendar muitas das vezes um mundo que passa quase despercebido aos olhares normais.
Passou a nao se-lo apos as fotografias de Cartier-Bresson terem sido reveladas ao mundo.

Verify your Comment

Previewing your Comment

This is only a preview. Your comment has not yet been posted.

Working...
Your comment could not be posted. Error type:
Your comment has been saved. Comments are moderated and will not appear until approved by the author. Post another comment

The letters and numbers you entered did not match the image. Please try again.

As a final step before posting your comment, enter the letters and numbers you see in the image below. This prevents automated programs from posting comments.

Having trouble reading this image? View an alternate.

Working...

Post a comment

Comments are moderated, and will not appear until the author has approved them.

Your Information

(Name and email address are required. Email address will not be displayed with the comment.)

Categories

Twitter Updates

    follow me on Twitter