« Intervalo: O Mercado do Bom Sucesso, Porto | Main | Lyon de Castro e Maria Lamas: outros fardos (11) »

06/15/2011

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

AP

O barco será da Caparica - a confirmar. Não parece ser exactamente o mais exemplar dos saveiros, em perfeita meia lua, mas aguardam-se contribuições informadas. Fernando Piteira Santos refere no seu prefácio à edição de 1980 os "pescadores que movem uma bateira no areal (na Caparica)", mas bateira não será também a designação certa para este tipo de barco. Piteira Santos, o amigo próximo que era à data um militante intelectual e um historiador, também se engana quanto à "mulher que carrega moliço (em Aveiro)" - será sargaço em Vila do Conde, como se viu já com ajuda. O que não contraria o comentário crítico em que acrescenta: "eram belos documentos, tinham a força de um panfleto, aliavam à beleza estética uma grandeza trágica. Então, o artista-fotógrafo ganha dimensão social. Não é só esteta, é o homem que, do seu tempo e de outras vidas, nos dá testemunho".

AP

A identificação dos barcos "tradicionais", que são, aliás, os do seu tempo, na obra fotográfica de A.L.C. (mar e rio...) é oportuna, mas o mais curioso é observar que a regra salonista que ele cumpre (infringida nas 10 fotografias publicadas em AS MULHERES DO MEU PAÍS) recomenda os títulos abstractos, poéticos e metafóricos, sem localizações e à distância do trabalho documental.

Mais urgente aqui seria avaliar em termos globais a presença forte e muito qualificada da fotografia na revista "Panorama", em especial entre a "Objectiva" (até 1945) e os casos do "Plano Focal", "Fotografia" e o "Jornal do Barreiro", depois de 1953.
Outra questão, associada com esta, é entender a presença pontual de Adelino na revista do SNI e no seu Salão único, temático, tendo em vista já a estratégia de abertura que a "Ler" vai pôr em prática em 1952, e também o (relativamente) largo espectro de colaboradores ou colaborações que passam pelo "Panorama", antes e depois de António Ferro.

The comments to this entry are closed.

Categories

Twitter Updates

    follow me on Twitter